CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

quinta-feira, 19 de março de 2009

PROJETO DE DANÇAS CIRCULARES É PREMIADO PELO MINC

"Prêmio Cultura e Saúde do Ministério da Cultura em parceria com o Ministério da Saúde (Mais Cultura, Mais Saúde) no âmbito do Programa Nacional de Cultura, Educação e Saúde – Cultura Viva".

o formato do projeto que foi apresentado como candidato a esta premiação o " Roda de Cura" é aberto sem uma convocatória dirigida a um local ou grupo específico. Mulheres de diferentes origens e locais participam dos encontros. Como a atividade foi contemplada nesta premiação ela se ampliará a divulgação para os centros de saúde do Distrito Federal onde haja atendimento de mulheres no climatério.

Para as regiões do DF onde se concentram comunidades de menor poder aquisitivo se deixará com a responsável pelo programa da mulher. Para as unidades básicas de saúde que tiverem número atividades de grupo com mulheres na fase do climatério se poderá oferecer a atividade da Roda no próprio local. Durante o período possível de utilização do recurso referente à premiação a Roda de Cura será oferecida gratuitamente a estas mulheres.

A oficina Rodas de Cura: o círculo das 13 Mães dos Clãs é uma vivência que se propõe trilhar um caminho de autotransformação pelas Danças Circulares Sagradas. Essa oficina é dirigida em especial às mulheres e se baseia nos arquétipos ancestrais femininos resgatados pela escritora norte-americana Jamie Sams, no seu livro sobre a lenda e os ensinamentos das 13 Mães dos Clãs Originais.

O fio condutor da oficina é a tradição nativa norte-americana e as Danças Circulares são o instrumento principal de conexão das participantes com os ensinamentos das 13 Mães. Cada uma delas reflete um aspecto da sabedoria feminina e juntas formam o Círculo de Mulheres Sábias, cuja missão é trazer o equilíbrio perdido de volta à humanidade e ao planeta Terra.

Além das Danças Circulares Sagradas, histórias, cantos, visualização criativa, oráculos e diferentes atividades (como desenho, bordado e escrita) nos conduzirão pelos caminhos trilhados por essas mulheres arquetípicas, para que vivenciemos seus desafios e conquistas, seus aprendizados e ritos de passagem de profunda transformação. A partir de janeiro de 2008 os encontros passaram a ter como tema "As 13 qualidades das mulheres sábias", baseado no livro de Jean Shinoda Bolen.

Cerca de 30 mulheres participam mensalmente desde janeiro de 2006. As rodas são abertas a mulheres de todas as idades, no entanto, pela natureza do convite, a participação se concentra em mulheres com mais de 30 anos.

o Grupo Rodas da Lua Difusão de Danças Circulares ganhou o prêmio por ter apresentado o projeto Rodas de Cura , criado e realizado por Elizabetta Recine, Marilda Donatelli e Rita Almeida.