CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

sábado, 9 de junho de 2012

REPERCUSSÕES DO XI FÓRUM DO FORRÓ

Lembrando que o primeiro Fórum de Forró também foi dedicado a Luiz Gonzaga, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, falou sobre a importância do evento
A abertura do XI Fórum de Forró foi repleta de homenagens ao Rei do Baião (Fotos: André Moreira)A abertura do XI Fórum de Forró foi repleta de homenagens ao Rei do Baião (Fotos: André Moreira)
O prefeito Edvaldo Nogueira relembrou a primeira edição do evento, que hoje está consagrado no calendário sergipanoO prefeito Edvaldo Nogueira relembrou a primeira edição do evento, que hoje está consagrado no calendário sergipano
A programação do Fórum de Forró conta com palestras e debates sobre o ritmo mais tradicional do NordesteA programação do Fórum de Forró conta com palestras e debates sobre o ritmo mais tradicional do Nordeste
O cantor e compositor Genival Lacerda participou da abertura do fórumO cantor e compositor Genival Lacerda participou da abertura do fórum
Ao final dos debates, o público presenciou um show em homenagem a Luiz GonzagaAo final dos debates, o público presenciou um show em homenagem a Luiz Gonzaga

Uma data dedicada à exaltação da cultura e das raízes nordestinas e de homenagens ao centenário de Luiz Gonzaga. Assim foi a noite de abertura do XI Fórum de Forró, evento promovido pela Prefeitura de Aracaju e que reuniu no Teatro Atheneu centenas de artistas, pesquisadores e fãs do Rei do Baião que puderam conhecer melhor sua trajetória por meio de palestras, debates, lançamento de livro e depoimentos de artistas que tiveram a oportunidade de conhecer o cantor pessoalmente.

Lembrando que o primeiro Fórum de Forró também foi dedicado a Luiz Gonzaga, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, falou sobre a importância do evento. "Esse é um momento muito importante para a cultura nordestina, para os festejos juninos e para a Prefeitura de Aracaju que, no 11º ano do Fórum de Forró, volta a homenagear esse grande ícone, dessa vez por seu centenário. Ele conseguiu levar a música nordestina para o mundo e influenciou os grandes nomes da Música Popular Brasileira, e nada mais justo do que homenagear o maior nome da cultura do Nordeste", enfatizou Edvaldo.

O pesquisador Paulo Vanderley é o criador e mantenedor do mais completo site sobre a vida de Luiz Gonzaga no Brasil. Ele abriu o evento falando de como conheceu o Rei do Baião ainda menino e mostrando filmes, fotografias raras, canções e reportagens publicadas nos mais importantes veículos de comunicação do Brasil sobre o surgimento desse grande fenômeno nordestino que mudou o rumo da música no país.

"Comecei a juntar material, tinha muitos discos, fotografias e não achava justo manter tudo isso em minha casa apenas como uma coleção. Em 2006 lancei o sitehttp://www.luizluagonzaga.com.br/ e lá vocês poderão acessar um conteúdo rico como a discografia, agenda de shows, onde ele tocou, fotos, recortes de jornais e revistas, filmes, reportagens que não foram ao ar e muito mais", mostrou Paulo.

Destacando que o 'Velho Lua' foi o primeiro ídolo da sua infância, o cantor Alcimar Monteiro elogiou a iniciativa da Prefeitura em promover o fórum e a homenagem. "Luiz Gonzaga é a enciclopédia nordestina brasileira, foi o criador do movimento junino e essa homenagem é mais que justa porque ele foi o maior artista da música popular de todos os tempos. Para a nossa felicidade cantou o nordeste, mostrando ao Brasil a nossa força, nossas belezas e a nossa cultura". Se dirigindo ao prefeito de Aracaju, Alcimar disse que sempre é questionado sobre o que se deve fazer para manter vivo o autêntico forró e as raízes da cultura nordestina. "O que temos que fazer é isso o que está acontecendo hoje aqui nesse teatro. Parabéns prefeito".

FórumCompositor da música ‘Esperando na Janela' - primeiro forró a receber o Grammy Latino de Melhor Canção Latino-Americana, Targino Gondim falou sobre a sua expectativa pela manutenção do evento. "Só tenho que parabenizar e agradecer à Prefeitura pela existência do Fórum de Forró. Estive aqui ano passado, retornei agora e é muito importante a existência de um evento como esse onde os artistas,estudiosos e apaixonados pelo ritmo podem se encontrar para a troca de conhecimento.  Estou muito feliz em participar mais uma vez, quero voltar sempre e espero que o fórum continue existindo por anos e anos". 

Grande fã de Luiz Gonzaga, o prefeito Edvaldo Nogueira disse que, quando criança, teve a oportunidade de assistir a uma apresentação do Rei do Baião em uma feira de sua cidade natal: Pão de Açúcar, AL. "O forró ganhou status e conseguiu ser o que é graças ao trabalho de Luiz Gonzaga. Este é o meu último ano de participação à frente do Fórum e tenho muito orgulho de manter o compromisso assumido ainda quando o atual governador Marcelo Déda era prefeito e eu vice, em celebrarmos esse ritmo tão importante para a nossa cultura", frisou o chefe do executivo municipal.

DepoimentosOs artistas convidados falaram sobre suas experiências ao lado do Rei do Baião, dando depoimentos sobre a sua importância para a cultura e música brasileiras e contando casos peculiares, como o testemunhado pelo cantor Genival Lacerda que, em 1958, viu um circo ‘desabar', por conta da grande quantidade de pessoas que compareceu ao local para assistir a apresentação do velho Lua.

"O lugar tinha capacidade para 600 pessoas. Logo, já eram mais de 1.200 cidadãos dentro do circo. Desabou arquibancada, começou a cair a lona, então providenciamos um pequeno caminhão e ele tocou ali, no meio da rua, para uma grande multidão. Ele disse que iria tocar apenas 4 músicas e acabou tocando 20. Quando eu perguntei a ele o porque, ele respondeu: -Você queria que eu tocasse só quatro músicas para depois ser linchado por esse povo todo?". 

ShowApós a palestra, debates e dos depoimentos, o público teve a oportunidade de presenciar um show raro e inédito, que entrou para a história da cidade de Aracaju. Cantando as mais belas canções do Rei do Baião, dividiram o mesmo palco os cantores Alcimar Monteiro, Genival Lacerda, Trio Nordestino e Targino Gondim, fazendo o público levantar das cadeiras e celebrar os 100 anos do Rei do Baião dançando e cantando o autêntico forró.

Nenhum comentário: