CANAL DA AÇÃO CULTURAL

Loading...

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Play list - Música é Noticia - Aniversário do PT, a esquerda no divã. - Os Davis da comunicação X Golias da manipulação. - A falta de amor em SP com os ladrões de merenda e outras coisitas semelhantes.



Bem vindo ao novo projeto de play-lists. Quem quiser pode copiar a idéia e reproduzir em emissoras de rádio  ou em outros formatos, inclusive em sala de aula. Quem quiser pode sugerir outras noticias e outras músicas nos comentários. Seleção de noticias em destaque na semana 22 à 28 de fevereiro de 2016.  

Para acompanhar o primeiro projeto de play lists, as temáticas, acesse

RÁDIO WEB DA AÇÃO CULTURAL - CANÇÕES QUE FAZEM UM PAÍS.  Play list temáticas

no facebook   https://www.facebook.com/radioacaocultural/

Lula: “Se quiserem me derrotar, vão ter que me enfrentar na rua”

27/02/2016 21:43

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve da festa de 36 anos do Partido dos Trabalhadores, no Rio de Janeiro, neste sábado (27). A festa contou com a apresentação de Diogo Nogueira e a bateria da Portela, além de homenagem especial ao ex-presidente, a quem foi dedicada a música “Ser Humano”, de Zeca Pagodinho.

Houve ainda homenagem a Carlos Manoel, ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro e secretário de finanças do PT fluminense, falecido na última terça-feira (23).
Em mensagem aos militantes, Lula reafirmou que é necessário defender e ajudar o governo federal a retomar um ciclo de crescimento com inclusão social. “O problema é nosso. É meu, é seu, e todos os brasileiros. Temos de assumir essa responsabilidade. Falar o que tem de falar, porque partido não precisa concordar sempre com governo. Mas saber que estamos juntos. Por mais que haja discordância de alguma coisa, o lado da Dilma é o do povo”, ressaltou o ex-presidente, saudado com gritos de: “não vai ter golpe”.

------------------------------------------------


A História de uma gata ou a História de militantes e dirigentes do PT e outros partidos de esquerda que precisam retomar as origens. Me refiro ao aburguesamento e acomodação de muitos (as). Zezito de Oliveira
Leia mais no excelente artigo abaixo:http://www.cartacapital.com.br/politica/a-falencia-do-pt-a-ascensao-da-direita-e-a-esquerda-orfa-7538.html  
A inclusão pelo consumo incentivou o alinhamento aos valores neoliberais em uma sociedade de valores aristocráticos e uma democracia frágil.

Dias de luta estes, dias de glória, não necessariamente. Pois há um tempo para tudo debaixo do céu. As glórias resultam dos objetivos e das formas de luta. As glórias são colheitas, estes dias são para revisitar o passado (raizes) e acionar as antenas da mente para captar o que o presente e o futuro pedem de nós. (ouvir, ouvir, principalmente a juventude, o novo que sempre vem, como disse o cantautor Belchior). Zezito de Oliveira


Globo, assustada com denúncias, tenta negar propriedade de “triplex” em Paraty

 O grupo todo poderoso, pertencente à família mais rica do país, e que construiu o seu império à sombra protetora e cúmplice de um regime totalitário, perdeu sua fleuma habitual e começou a ameaçar blogs.

Sinal de medo, de insegurança, e de que farejou perigo no ar!
Pelo jeito, estamos na trilha certa!
Agora não usa mais seus executivos como testas de ferro para intimidar os blogs. A Globo mesmo, com seu próprio CNPJ, resolveu partir para cima da imprensa alternativa.
Um amigo no whatsapp mandou-me o link de post publicado no blog do Fernando Rodrigues, jornalista do UOL, trazendo a ameaça da Globo aos blogs.
O garoto de recados da Globo não estava mentindo, mas os platinados estão dispostos a ir além da censura a referências ao BNDES. Eles querem silenciar todas as críticas à Globo.
Nesta quinta-feira, 25 de fevereiro, recebo por email uma Notificação Extrajudicial da Globo, a qual reproduzo abaixo. Continuo em seguida. Leia mais: http://www.ocafezinho.com/2016/02/26/globo-assustada-com-denuncias-tenta-negar-propriedade-de-triplex-em-paraty/


Mesmo com denúncias, Alckmin barra CPI da merenda

Deputada estadual Beth Sahão diz que ainda faltam 10 assinaturas de colegas parlamentares para protocolar o pedido de CPI, porém base tucana boicota o processo

Redação RBA – "Nos últimos quatro anos, 26 CPIs foram enterradas porque o governo Alckmin não deixa que elas sejam aprovadas, não respeitando a autonomia dos poderes", afirmou hoje (25) a deputada estadual Beth Sahão (PT-SP), em entrevista à Rádio Brasil Atual. A parlamentar disse que há dificuldades para a CPI da Merenda ser aceita.

Na terça-feira (23), houve uma manifestação no plenário da Assembleia Legislativa paulista com o objetivo de pressionar os deputados, mas a base tucana esvaziou a sessão.

A CPI pede a investigação de superfaturamento e propina nos contratos de merenda escolar no governo Alckmin. Uma das investigações é o possível desvio de 25% do valor das contratações para deputados e funcionários do governo.

Como está a situação da investigação?
http://aesquerdavalente.blogspot.com.br/2016/02/mesmo-com-denuncias-alckmin-barra-cpi.html

Leia também:

Escândalo


Merendão tipo exportação


A quadrilha paulista pretendia estender o esquema a outros estados







O outro lado da São Paulo que quer e constrói amor..



E  mais:  

Convocação urgente à intelectualidade brasileira


Este não é um convite para um exercício diletante de revisão da conjuntura. É uma convocação, para o esforço de reflexão que visa compreender para agir.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Aberta a fase de pré-inscrição para as Oficinas Culturais Jardim 2016









PRÉ INSCRIÇÃO

Realização: Ação Cultural/Ponto de Cultura Juventude e Cidadania
Patrocinio - Secretaria de Estado da Cultura e Ministério da Cultura 


Apoio: Escola Estadual Júlia Teles


Dança Moderna, Dança de Rua (Break), Teatro Popular, Fotografia e Filmagem (Audiovisual), Rap,  Grafite e DJ


Qual o seu nome?

Qual o seu endereço e telefone: Escreva dois números de telefone para contato. Pode ser telefone de um um outro membro da familia.

Qual a sua idade, a série e a escola onde você estuda?

Qual o nome do seu perfil no facebok ou como você se apresenta no face

Qual o seu E-mail, se tiver

Qual o nome da sua mãe ou responsável. Caso tenha menos de 18 anos

Qual oficina que você deseja participar? Pode escolher uma ou duas. Coloque primeira opção e nome da oficina e segunda opção, nome da oficina

Por que escolheu esta (s) oficina (s) ?

Quais oficinas ou atividades que você participou ou que participa atualmente e que tem ligação com a (s) oficina (s) escolhida (s) ?

O que você espera aprender na (s) oficina (s)?

Caso escolha mais de uma oficina, escreva o numero 1, ao lado da que você mais prefere.

Os interessados deverão preencher as informações acima e enviar por mensagem inbox face, por e-mail, ongacaocultural@yahoo.com.br ou entregar na secretaria da escola.

 Clique abaixo para saber mais:

MAIS ALEGRIA NO JARDIM EM 2016. RETORNAM AS OFICINAS ARTISTICAS DA AÇÃO CULTURAL/PONTO DE CULTURA JUVENTUDE E CIDADANIA.


 


domingo, 21 de fevereiro de 2016

Play list - Musica e Noticia! As estripulias de FHC, da midia da casa grande, o coração do papa valente e a morte do padre sandinista, Fernando Cardenal.

Bem vindo ao novo projeto de play-lists. Quem quiser pode copiar a idéia e reproduzir em emissoras de rádio  ou em outros formatos, inclusive em sala de aula. Quem quiser pode sugerir outras noticias e outras músicas nos comentários. Semana 14 a 21 de Fevereiro de 2016

GENTE ESTÚPIDA! GENTE HIPÓCRITA!! - Da música "Nos Barracos da Cidade"  de Gilberto Gil.

Mirian Dutra diz que Globo foi beneficiada com dinheiro do BNDES ao 'exilá-la'.

Diário do Centro do Mundo – Existem muitas maneiras de entender o que foi e como foi executado o projeto de poder que resultou na aprovação da emenda que permitiu a reeleição do presidente Fernando Henrique Cardoso, mas duas são particularmente reveladoras.

Uma delas é traçar o perfil dos deputados acreanos que venderam o voto para mudar a Constituição por R$ 200 mil reais em 1997 (R$ 923 mil corrigidos pelo IGP-M até janeiro deste ano).

A outra maneira de buscar um quadro mais nítido do episódio da reeleição é entrevistando a jornalista Mirian Dutra Schmidt, que conhece Fernando Henrique Cardoso como poucos e viveu esse período como “exilada” na Europa, por ter um filho que ela diz ser dele.

Percorri os dois caminhos, e o que emergiu foi uma história que une as duas práticas. Uma delas é a da política do Brasil profundo, de fronteira, onde a moeda sonante é o argumento mais eficaz para mudar consciências.

A outra prática é a do Brasil central, com políticos e profissionais de comunicação que trocam o silêncio por prestígio ou poder e, no final das contas, acabam por transferir riqueza a grupos privilegiados.








"Reconstrói a tua Igreja" da música "Canta Francisco".
 UM DISCURSO DURO NO MÉXICO
Publliquei a breve reportagem a seguir no blog caminhopracasa.com. Voce pode ler clicando no link http://bit.ly/papabisposmexico ou abaixo
O discurso do Papa para os bispos mexicanos neste sábado (13/02) foi surpreendente -Francisco não se cansa de surpreender. Lembra o seu duríssimo discurso à Cúria romana no fim de dezembro de 2014 quando denunciou as 15 doenças curiais (mexericos, carreirismo, oportunismo, acúmulo de riquezas, indiferença em relação às pessoas, perda do "primeiro amor" pelo seguimento do Cristo, Alzheimer espiritual e outras). Se quiser lembrar ou conhecer um discurso histórico e inédito de um Papa à burocacia vaticana, clique no link a seguir: http://bit.ly/papacuria2014.
Hoje, aos bispos mexicanos, o Papa foi talvez, menos direto, mas igualmente duro. A Igreja mexicana é hoje dominada por uma cúpula conservadora que persegue leigos, padres e bispos vinculados aos pobres do país. O México é o berço do grupo clerical de direita, os milionários Legionários de Cristo, que se envolveu num grande escândalo -seu fundador, e idolatrado no grupo, Marcial Maciel, era pedófilo, teve filhos com várias mulheres, era dependente químico e, claro, perseguia todas as pessoas que não seguissem o "código moral" conservador.    Mauro Lopes


  Uma canção  da década de 1980. Será que na igreja católica  já estamos de volta a este tempo?



Muere Fernando Cardenal, clérigo sandinista y teólogo de la liberación

El sacerdote generó grandes simpatías a la revolución sandinista, por lo que fue expulsado de la orden jesuita

http://internacional.elpais.com/internacional/2016/02/20/actualidad/1455998024_704982.html





Outra canção  da década de 1980. Será que na igreja católica  já estamos de volta a este tempo?




VAMOS NOS ENCONTRAR PARA ASSISTIR E CONVERSAR SOBRE UM FILME? OU VAMOS FAZER UM FILME?



Roda de conversa realizada após a 1ª sessão que inaugurou o Cine-Realidade, quando foi  exibido o filme "Uma onda no ar", cujo tema principal são as rádios comunitários. Ao centro,  o radialista Renato Nogueira e o educador e produtor cultural Zezito de Oliveira, autor do texto em tela.
Nestes tempos vorazes, um filme pode ser assistido de diversas maneiras ou em vários suportes, cada um destes, reservando a quem faz, uma experiência diferenciada de prazer sensorial, estético e intelectual.


Os suportes podem ser o projetor digital dos cinemas dos shoppings ou do  cinema de rua, o DVD ou Blue Ray, a internet ou o celular.


As maneiras podem ser assistir no shopping com todo o aparato de conforto e serviços oferecidos tanto pelo cinema, como pelas lojas do local. Os cinemas de rua, com seus serviços e  instalações simples e com a sua programação destinada a um público mais escolarizado e/ou com exigências mais voltadas para filmes de autor e/ou com abordagens mais reflexivas e  com características estéticas mais inovadoras, porém sem grande pirotecnia.


Outra maneira bem importante, mas que carece de mais apoio são os cineclubes. Os cineclubes representam um espaço fundamental para a formação de uma plateia  com um nível  de conhecimentos acima da média, acerca das diversas  histórias que nos fazem pensar e ser do jeito que somos, além de aspectos importantes sobre a história e a linguagem audiovisual. Tudo isso, fazendo uma  diferença substancial na vida de quem incorpora este hábito, possibilitando que alguns possam fazer parte do mercado ligado a cadeia produtiva do audiovisual.


O cineclube possibilita também um espaço de interação e socialização,  que julgamos superior as outras maneiras de assistir o audiovisual, sem negar o mérito  o valor das outras maneiras ou formas. Isso acontece por causa do momento inicial de apresentação do filme e do momento da roda de conversa após a exibição.


Como uma das possibilidades de resposta a uma questão levantada por uma música de sucesso regravada por Frank Aguiar , que reclamava “as pessoas não se falam mais”,  o cineclube pode ser um espaço para que as pessoas se encontrem  para conversar, para falarem mais. E melhor ainda, para falarem sobre uma porção de experiências humanas apresentadas por uma variedade de obras de audiovisual, experiências humanas de sucesso, derrotas, vitórias, perdas, alegria, tristeza, solidão, coletivas e etc..


Mesmo assim, podemos utilizar as possibilidade de assistir os filmes produzidos por outros ou por nós via internet, sozinhos (as) ou acompanhados (as).  Afinal, estes tempos vorazes, também são tempos em que podemos assumir várias opções e formas de ser e estar no mundo. No campo da produção e da circulação do audiovisual, tanto os avanços e barateamento do uso da tecnologia tornaram isso possível, assim como os novos modelos de negócios.


Foi pensando nisso, que estendemos o Cine Realidade para a internet. Mesmo que a presença física e a experiência coletiva de assistir um filme,  não deixe de ser a nossa prioridade.


Ainda temos mais o que conversar, mas fica para a segunda parte.


Enquanto isso, encerraremos as sessões de férias de verão com um documentário sobre a Juventude do ABCD paulista,  produzido pela então produtora TV dos Trabalhadores (TVT), no  ano de 1999. Uma obra especial para encerrar com chave de ouro a programação de férias.  Quem é adolescente/jovem e/ou tem interesse em temas ligados a essa faixa de idade, não sabe o que estará perdendo, caso não faça um esforço para estar presente.

Será na próxima sexta-feira, 26/02, das 15 às 17h30. no auditório/refeitório da Escola Estadual Júlia Teles, no Conj. Jardim. Quem for leve salgados, doces, frutas, sucos ou refrigerantes,  para partilhar na hora do lanche comunitário.


Mesmo que uma edição parcial e com entrevistas na atualidades sobre o  documentário “ABCD jovens”, possa ser assistido pela internet, através de link que consta no post Cine Realidade na internet- 1ª sessão.


Já para quem também quer fazer um filme, recomendamos seguir os passos descritos no post abaixo:

MAIS ALEGRIA NO JARDIM EM 2016. RETORNAM AS OFICINAS ARTISTICAS DA AÇÃO CULTURAL/PONTO DE CULTURA JUVENTUDE E CIDADANIA.

ASSISTA TAMBÉM:

 CINE REALIDADE NA INTERNET. 1ª Sessão

Cine Realidade na internet - 2ª Sessão. Acabou a Paz - Isto aqui vai virar o Chile - Escolas ocupadas em São Paulo

 

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Cine Realidade na internet - 2ª Sessão. Acabou a Paz - Isto aqui vai virar o Chile - Escolas ocupadas em São Paulo

'Acabou a Paz': ocupação das escolas em SP vira tema de documentário

"Acabou a Paz–Isto aqui vai virar o Chile" conta a luta dos estudantes secundaristas contra a reorganização do ensino proposta pelo governo Alckmin.
por Redação RBA publicado 10/02/2016 12:27, última modificação 10/02/2016 13:20
reprodução/TVT
fernão
Escola Fernão Dias, em Pinheiros, a primeira a ser ocupada na capital, virou um dos símbolos do movimento

São Paulo – A luta dos alunos secundaristas contra a reorganização da rede estadual em São Paulo, no segundo semestre do ano passado, virou tema de documentário. O filme Acabou a Paz – Isto aqui vai virar o Chile estreou no Youtube, no  domingo (14), às vésperas da volta às aulas.
A ideia dos produtores do documentário é manter viva a memória dessa luta do movimento estudantil que teve repercussão em todo o país. Carlos Pronzato, cineasta e escritor argentino radicado no Brasil, Lucas Duarte, professor e videoativista, e Caio Finato, videodocumentarista, são os idealizadores.
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) pretendia separar as escolas por ciclos, o que levaria ao fechamento de ao menos 93 unidades, provocando a transferência de milhares de alunos.
Os estudantes, que não foram consultados, não aceitaram o plano, e acabaram por ocupar um total de mais de 200 escolas em protesto. Após confrontos com os estudantes e repressão por parte da Polícia Militar, o governo Alckmin recuou e anunciou a suspensão da reorganização.
"Fica o exemplo. Os estudantes são a garantia de renovação na política. Seria bom se mantivéssemos o espirito estudantil a vida toda", afirma Carlos Pronzato.
Lucas Duarte lembra que a ocupação das escolas em São Paulo foi inspirada pela Revolta dos Pinguins, uma série de mobilizações dos estudantes secundaristas chilenos em 2006. "Eles mostraram para gente que as pessoas têm que se importar com a molecada. Eles é que vão construir isso aqui daqui para frente", afirma Caio Finato.



ASSISTA TAMBÉM:

 CINE REALIDADE NA INTERNET. 1ª Sessão

E também: 

 Documentário independente produzido em 2015 pelo músico e videomaker Jimmy Bro.
O filme busca retratar o movimento de ocupações nas Escolas Estaduais de SP, realizado pelos estudantes secundaristas em resposta ao plano de reorganização escolar proposto pelo governo do estado.

Realizado em pouco mais de uma semana, o objetivo foi reforçar a voz desse movimento enquanto ele ainda acontecia, revelando um pouco de como foi essa inspiradora luta, a partir do ponto de vista pessoal de alguns dos ocupantes.
É possível perceber que as ocupações, nascidas como uma reação ao possível fechamento de escolas, foram além e tiveram um impacto muito maior do que o imaginado na vida desses jovens, que estão fazendo a verdadeira reorganização, nas escolas, na política e nas próprias vidas.

 

 

  O ano em que os estudantes da rede pública de São Paulo entraram para a história.
Tudo começou com o anúncio de uma reforma no ensino da rede pública estadual. Uma reorganização, para usar o termo do governador Geraldo Alckmin, que prevê o fechamento de 94 escolas, a transferência de 311 mil alunos para outras unidades e a formação de ciclo único em outras 754.
O Caminhos da Reportagem “Anjos Rebeldes” mostra que entre a teoria da reforma – melhorar o desempenho dos alunos da mesma faixa etária e otimizar os prédios com ociosidade – e a prática para pais, alunos e professores, existe um abismo.
As famílias alegam problemas de deslocamento e a impossibilidade mais evasões da escola. Especialistas discordam das medidas por acharem que a separação por ciclos limita o aprendizado e a convivência entre estudantes.
O maior protesto foi dos alunos que ocuparam cerca de 200 escolas e mostraram que são capazes de uma mobilização, esta sim, organizada.
Durante quase um mês, os estudantes contaram com o apoio de pais, professores e voluntários. Os alunos da rede pública tiveram contato com aulas de conteúdos que não estão na grade curricular de ensino: racismo, sistema carcerário, igualdade de gênero, além de shows, teatro e saraus de poesia.
“Anjos Rebeldes” acompanha também a violência da polícia militar contra estudantes e professores que protestaram dentro e fora das escolas. Tiro, porrada e bomba contra aqueles que questionam o atual sistema de ensino.

 "Diário da Ocupação" é um documentário independente produzido em parceria pela Black Horse Filmes e Fixar Imagens .
Em dezembro de 2015 um grupo de alunos contrários a polêmica reorganização escolar do governo do estado, ocupa a maior e tradicional, escola publica de Itapira: Escola Estadual Elvira Santos de Oliveira. O documentário conta a história do agitado dia da desocupação dos alunos militantes.
Dedicado a todos que lutam pela educação no Brasil e no mundo!
Black Horse Filmes: https://www.facebook.com/blackhorsefi...
Fixar Imagens: https://www.facebook.com/fixarimagens/

 

 Faça parte da rede que apoia os estudantes em 2016. Inscreva-se em: bit.ly/todoscomosestudantes