VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Fim do ‘boom’ da periferia - Nos últimos anos a cultura da periferia ressignificou a palavra periferia

Foto: Universidade das Quebradas

O fim do “boom” da periferia, daquilo que ficou conhecido como cultura da periferia, não significa que seu projeto estético esteja realizado por completo ou que haja um esgotamento. Significa, num outro sentido, a sua era de alquimia e aponta que o modo de recepção crítica dessa cena precisa ser atualizado. Nos últimos anos a cultura da periferia ressignificou a palavra periferia, dando-lhe força política, comportamental e artística. A recepção a essa cena foi regida pelo argumento de inclusão, que agora se mostra limitadora.
Nesta terceira e última coluna que nos propomos a fazer com foco sobre alguns aspectos da cultura em 2015 cabe dizer que a escolha dos pontos abordados não pretende ranquear nem tampouco reduzir a produção anual a esses elementos. A crise política afetou as políticas culturais nacionais e também ofuscou o debate sobre a centralidade da cultura no país — tornou invisíveis microacontecimentos pelo excesso de debate macro. Assim, a escolha da abordagem desta série de coluna é uma tentativa de manter a centralidade do debate cultural e atualizações dos últimos anos. 

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cultura/fim-do-boom-da-periferia-18377897#ixzz3viEuRcJa

Leia/Assista mais:

Política pública e cultura da periferia, por Sheila Suzane

Universidade das Quebradas 

 Programa Art é Arte!



Nenhum comentário: